Translate

quinta-feira, 16 de março de 2017

A rosa que há em ti



A rosa que há em ti
na dolência dos teus gritos,
quero vê-la abrir-se de orvalho
e de cores carmim revestida,
quero vê-la ao adormecermos
nas nuvens das copas das árvores
que plantámos com ventos de mar,
os mesmos que nos inspiram
numa torrente de igual fulgor.

Essa rosa, franzina no riso,
que de tão sensível
te atinge e subjuga inabalável,
quero tocá-la,
trajada com a fragilidade ilusória
da areia que o mar julga destroçar,
ao nos fundirmos deitados
na fogueira da inquietude
dos incêndios vivos da carne.

A rosa que guardas circunspecta,
que na seiva do teu querer me levanta
e me empurra para ti, é uma flor
que te aumenta, que antes nunca vi.


Autor: Jaime Portela


52 comentários:

Maria Luisa Adães disse...

De uma beleza Maior
seu poema.

Amei!

Maria Luísa

"os7degraus"

Cidália Ferreira disse...

Soberbo poema!

Amei
Beijinhos

Karocha disse...

Belíssimo como sempre Jaime

Bjocas

Bfs

Diana Fonseca disse...

Que poema lindo, gostei muito.

Maré Viva disse...

Há rosas invisíveis a olho nu, mas há olhos a que na escapa...
Rosa franzina no riso, mas enorme na beleza.
Um abraço.

Marta Vinhais disse...

É a paixão sentida... só aparentemente adormecida...
Belo.
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Andreia Morais disse...

Extraordinário! Fico sempre sem palavras.

r: Obrigada e igualmente :)

JANE GATTI disse...

Inspirado poema que traduz a chama da paixão em belas imagens. Abraços.

Pedro Coimbra disse...

Sendo eu um conservador, e um amante à moda antiga, sempre gostei de oferecer flores.
Podia oferecer esta flor que é o seu poema.
Aquele abraço, bfds

Elaine Regina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Sempre um encanto passar pelo seu blog caro amigo Jaime Portela!
Desde já um bom fim de semana!
Abraço

AvoGi disse...

O que posso dizer que ainda não tenha sido dito?
Excelente
Kis :=}
BFSEMANA

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Seus poemas são sempre com muita sensibilidade.
Adorei seu poetar Jaime.
Bjs,obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

Sónia M. disse...

Bendita a paixão
que tanto inspira.
Belo!

Deixo um abraço

Brisa disse...

Boa tarde meu querido amigo Jaime

Fez-me bem ler o teu poema...
As tuas palavras são pétalas de rosas a florir...

Bjo e desejo-te um bom final de semana

Helena disse...

Sempre belo o teu poetar!
O ser amado sempre a mostrar um tesouro que, por mais camuflado que esteja, a capacidade de amar vai descobrir e festejar.
Gostei muito também do poema anterior: "Esta Noite".
Ficam sorrisos e estrelas para enfeitar as horas do teu final de semana,
Helena

Daniel Costa disse...

Jaime Portela
"A rosa que há em ti", que deixe chegar o cheiro até mim! Eis a glosa de elevado Poema.
Abraço

Teresa Almeida disse...

Tal como a rosa, excedes-te em fragor poético.
Excelente!
Beijinho.

Odete Ferreira disse...

Belo este desfile imagético para realçar a essência desta rosa que é sempre flor, ainda que as circunstâncias a possam ensombrar.
Excelente criação poética!
Bjo, Jaime :)

Elvira Carvalho disse...

Sempre a encantar-nos com os seus tão belos poemas.
Um abraço e bom fim-de-semana

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Um belíssimo poema de amor.
Adorei, Jaime.


Abraço
SOL

lua singular disse...

Oi Jaime
Criativa e sedutora poesia, que essa rosa fique perto de ti, aprecio um belo cravo bem perfumado, o rego com lágrimas de paixão.
Com sempre, escreve poemas por entre linhas que nos aguça a atenção e a repetição da leitura de tão bela que fica.
Beijos no coração
Lua Singular

Manuel Veiga disse...

gostei muito do poema
alto nível

abraço, caro Jaime

Fernanda Maria disse...

Quando o poeta ama, cada verso seu revela esse perfumado sentimento.

A rosa decerto abriu-se para si.

Um beijinho amigo Jaime

O Toque do coração

Mariazita disse...

Excelente texto poético, belo como uma rosa perfumada.
Gostei muito, caro amigo Jaime.

Bom Fim-de-semana
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Majo Dutra disse...

Gosto destes poemas apaixonados, veementes e intensos

imbuídos de imensa e delicada ternura, envoltos em

admiráveis e belas metáforas...

Desta vez, a maior era uma rosa...

Expressivo e muito belo.

Beijo, Amigo.
~~~~~~~~~~

Graça Pires disse...

Sempre inspirado, Jaime. A rosa. A fragilidade das pétalas a tornarem-na tão especial... Muito belo!
Um bom fim de semana.
beijos.

Maria Rodrigues disse...

Maravilhoso poema!
Bom fim de semana
Uma braço
Maria

Sofia disse...

Poema sensual e belamente construído. Gostei muito.

Beijinho.

Teresa Durães disse...

Uma flor que aumenta,
Que antes nunca vi"


(se estiver mal copiado...)

A aceitaçao do verdadeiro como parte de um todo!

Prof. Ms. João Paulo de Oliveira disse...

Prezado confrade Jaime Portela.
Tive a grata satisfação de ver-te embarcar no vagão do Expresso do Oriente e, mais ainda, deixastes comentário no livro de bordo.
Será sempre auspicioso o vosso embarque.
Isto posto, também tive a grata satisfação de conhecer vosso blog e encantar-me com sua verve poética.
Já tornei-me seguidor.
Caloroso abraço. Saudações poéticas.
Até breve...
João Paulo de Oliveira
Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver, sem véus, sem ranços, com muita imagianação, autenticidade e gozo.

Suzete Brainer disse...

Poema belíssimo e de uma excelência nas belas construções imagéticas
a ocupar o espaço da expressão poética, no signo do amor-paixão.
Parabéns!
Um bom domingo, caro Jaime!
Beijo.

Vera Lúcia disse...


Olá Jaime,

Um poema de grande beleza e ricamente construído.
Seus poemas primam pela linguagem excepcional.

Ótimo domingo e feliz semana!

Abraço.

Franziska disse...

Creo que no haría yo un resumen del poema que acabo de leer mejor que el que nos brindan esta estrofa final:

A rosa que guardas circunspecta,
que na seiva do teu querer me levanta
e me empurra para ti, é uma flor
que te aumenta, que antes nunca vi.

Es un poema lleno de sensibilidad y que busca la expresión de un sentimiento en las profundidades del alma sin olvidarse de las necesidades del cuerpo.

Ha sido un placer esta lectura. Tampoco yo soy capaz de escribir en portugués y lo siento porque es un hermoso idioma. Parece que voy calando en él, poco a poco y voy entendiéndolo mejor.

desde mi corazón un abrazo. Franziska

Zilani Célia disse...

OI JAIME!
TUAS METÁFORAS SE ENTRELAÇAM E DESENCADEIAM ESSE INCÊNDIO VIVO QUE ENCANTA A TODOS QUE TE LEEM.
ABRÇS.
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

saudade disse...

Como é bom alguém ver a rosa que há em nós... Magnifico como sempre.
É muito bom saciar-me das tuas palavras.
Bom fim de semana...
Beijo de...
Saudade

M. disse...

Jaime, sempre poemas belíssimos de grande delicadeza!
Beijinhos

Ana Tapadas disse...

Gostei muito! Rosa magnífica.
Boa semana, meu amigo.
Beijinho

Teresa Isabel Silva disse...

Estou completamente rendida às tuas palavras!

Bjxxx
Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

Aline Goulart disse...

Mais um belo poema. Encantada! Beijinhos estalados...

Smareis disse...

Brilhante, maravilhoso teu poema!
Bom fim de semana Jaime!
Beijos!

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Jaime.
Um belo poema,acho que dentro de todos nós existe o perfume das rodas. E a deliczdeza e fragilidade delas. Feliz semana. Abraços.

São disse...

Excelente maneira de comemorar o Dia da Poesia!

Amigo, parabéns e abraços

Aleatoriamente disse...

Aqui é outono mas teu poema torna primavera aos olhos. Belo!

Abraço Jaime

Fá menor disse...

Botão de rosa
Primavera em flor
Deixá-la a seu tempo
Abrir ao amor

Bjos

Arte & Emoções disse...

Como sempre amigo Jaime, oferta-nos um belo poema.

Abraços,

Furtado

luna luna disse...

existem rosas assim de perfume e beleza inigualáveis,
beijinhos

rosa-branca disse...

Há rosas assim, que são pétalas de ternura. Amei demais este teu poema. Jaime, uma boa semana e beijos com carinho

Jaime Portela disse...

**************************************************************************

Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
Saudações poéticas.

**************************************************************************

Ana Freire disse...

Simplesmente maravilhoso... e mais um poema do qual, guardarei umas palavrinhas... para as destacar lá no meu canto, com um link para aqui, se me der licença... qualquer dia, Jaime!
Beijinho
Ana

lua singular disse...

Oi Jaime
Como sempre uma poesia cheia de paixão, se escrevesse um livro dessas poesias ficaria no criado mudo e, com o abajur aceso beberia de suas poesias e adormeceria sonhando o amor, do lado.kkk
Beijos no coração
Lua Singular

graça Alves disse...

Muito bonito!
bj