Translate

quinta-feira, 13 de abril de 2017

As velas que nos arrestam


Impúdica,
descobres-te de um jeito rebelde,
sabendo que o sol que irradias
me desacata e seduz
em recatos de palavras
emersas nas fragrâncias da pele
à contraluz do teu céu.

Atingido,
tacteio os teus seios miúdos,
fartos e dóceis
aos meus gestos lúbricos,
em carícias recíprocas dilatadas
pelas confidências nuas
de cúmplices amantes.

Na chave que desatina
em secreta fechadura,
sou o patrono,
sou o criado
das brumas que te molestam.

No mastaréu em espertina
em barcarola madura,
és a serva,
és a dona
das velas que nos arrestam.



Jaime Portela


43 comentários:

Andreia Morais disse...

Sempre fantástico!

r: Muito obrigada :)
Não há problema ahahah
Boa Páscoa*

Os olhares da Gracinha! disse...

E velas que nos "alumiam"!
Um belo momento poético!
Uma Santa Páscoa!!!

Karocha disse...

Como sempre belíssimo Jaime

Uma boa Páscoa com rodos os teus.

Bjocas



Karocha

lua singular disse...

Oi Jaime,
Uma linda e apaixonante poesia sensual, pena que o tempo passa...a vida "morre", fica uma bela saudade.
Simplesmente maravilhosa.
Beijos
Lua Singular

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Lindíssimo poema Jaime.
Bjs,obrigada pela visita e uma Feliz Páscoa.
Carmen Lúcia.

Cidália Ferreira disse...

Como sempre; fico encantada com os seus poemas! Parabéns.

Beijinhos

Pedro Coimbra disse...

Um poema de grande intensidade e sedução.
Belo, como sempre.
Aquele abraço, votos de uma Santa Páscoa

Mirtes Stolze. disse...

Boa tarde Jaime.
Um lindo poema da força da atração. Uma feliz Páscoa meu amigo. Grande abraço.

Marta Vinhais disse...

E abre-se a porta para a paixão intensa...
Obrigada pela visita
Boa Páscoa
Beijos e abraços
Marta

Odete Ferreira disse...

Voltarei para este belo poema.
Entretanto, desejo-te uma Páscoa Feliz.
Bjinho :)

Nal Pontes disse...

Muito bem escrito aqui. Parabéns! Um abraço

✿ chica disse...

Mais um lindo poema que nos encanta ler! abraços, FELIZ PÁSCOA! chica

Vera Lúcia disse...


Uau!
Que poema sedutor!
Um arraso!

Feliz Páscoa para você e família, Jaime!

Abraço.

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, poema revelador de repletos e bons sentimentos.
Votos de Páscoa repleta de alegria! Feliz Páscoa!
AG

Graça Pires disse...

Sensual cumplicidade...
Gostei, Jaime. Que tenhas uma Páscoa muito boa juntamente com a tua família.
Um beijo.

Cidália Ferreira disse...

PARA SI E TODOS OS FAMILIARES E AMIGOS, UMA SANTA E FELIZ PÁSCOA. QUE A PAZ RESIDA NOS VOSSOS CORAÇÕES.
.
ABRAÇO-VOS COM AMIZADE E CARINHO

manuela barroso disse...

Na contraluz das palavras , a transparência da tua sensibilidade poética
Boa Páscoa , Jaime !
Beijo!

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa tarde, Jaime, um poema repleto de paixão e sensualidade, lindo e não deixa de ser sensível aos que amam, aos que se querem....
Desejo a você e família uma abençoada Páscoa! Grande abraço!

Cláudia Forte disse...

Passadinha para deixar xero e desejar uma feliz Páscoa, pois é tempo de meditar, de buscar, de agradecer, de plantar a paz. Tempo de oração!
Tempo de abrir os braços, de abrir as mãos e de ser mais irmão. Tempo de recomeçar!
Tempo de concessão, de compromisso, de salvação. Tempo de perdão.
Tempo de libertar, de libertação, de passagem, de passar…
Para onde? Para a luz, para o amor, para a vida que é eterna!
Tempo de Ressurreição.
Um beijo enorme!

Dorli Ramos disse...

Oi Jaime,
Desculpe o atraso.
Eu vou esporadicamente no Minicontista, pois tem gente má.
Fui hoje e encontrei seu comentário
Obrigada
Feliz Páscoa

Brisa disse...

Olá meu quero amigo Jaime
Sim... A vida pode ser eterna e mansa... Naveguei nas tuas tão belas palavras e...Passei para o sol que irradias,com gestos secretos,em carícias envolventes...

Jaime obrigada pelas tuas palavras( ainda não estou preparada para outras novidades,porque o meu luto ainda dura :( )
Desejo-te do coração que tenhas um boa Páscoa
Bjo meu querido amigo

© Piedade Araújo Sol disse...

JP

mais uma vez temos aqui um poema muito terno e sensual.

gostei!

desejo uma Santa Páscoa para si e a sua família.

beijinhos

:)

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

A brisa enfuna a vela
Da barcarola da vida.
Não andes, tu, atrás dela
Com tua Alma perdida.
...Que a brisa enfuna a vela.



Feliz Páscoa

Abraço
SOL

Cristina Cebola disse...

Versos repletos de intenção e beleza, numa sensualidade e cumplicidade que nos tocam profundamente...

Deixo um abraço e o desejo de uma boa Páscoa.

Sofia disse...

Poema interessante, Jaime. Ajudaria muito se vc pautasse os teus momentos em ideias próprias, mas me parece que faz questão de levar a vela junto... assim não há mesmo meios dessa vela se apagar.

Feliz Páscoa para vc também.

Daniel Costa disse...

Jaime Portela
Ao e ao cabo, amar é servir, sobretudo servir.Servindo, procurando o modo de ser servido. As metáforas fazem sentido.
FELIZ PASCOA!...

AvoGi disse...

Intenso.
Kis :=}
Páscoa feliz

Fernanda Maria disse...

Um porto seguro e muito sedutor este seu poema amigo Jaime.

Um beijinho com o desejo de uma Páscoa feliz!

O Toque do coração

Franziska disse...

Gracias por tus amables palabras en mis blogs.

He leído con muchísima atención este poema y lamento que mis conocimientos de esta hermosa lengua en la que escribes, sean tan escassos y además, leer poesía no es lo más fácil. Supongo que será un sentimiento hermoso y enamorado el que manifiestas en tus versos, pero la verdad, esta vez me ha sido más díficl, quizá, mañana, puede que si paso a releer lo entienda mejor...

Saludos muy cordiales. Franziska

Gracita disse...

Muitas intenções nos seus versos Jaime
Que a comunhão, a esperança e a Paz seja abundantes no vosso coração. Feliz Páscoa minha amiga e também para toda a sua família!
Um abraço super carinhoso

Daniela Silva disse...

Passei para te desejar uma boa Páscoa, beijo

Aleatoriamente disse...

O que dizer?
Um grande poeta!

Abraço.

Manuel Veiga disse...

belo poema, caro Jaime
de uma sensualidade vibrante. como é teu timbre

abraço

Teresa Almeida disse...

Um poema belíssimo, num registo de sedução e sensualidade.

Beijinho, Jaime, e boa semana.

Helena disse...

Sensualidade, delicadeza, exploradas em versos que marcam compasso na doce melodia do encontro de corpos e almas... Um belo poema, meu amigo, como todos os que tenho sempre o prazer de ler e apreciar por aqui.
Que os sorrisos e as estrelas estejam sempre a permear as horas dos teus dias.
Meu carinho,
Helena

Luiza Maciel Nogueira disse...

Preciso aprender a escrever contigo. Um ótimo poema!

Abç!

Arte & Emoções disse...

A reciprocidade deve existir em tudo, principalmente no amor. Lindo poema Jaime,

Abraços,

Furtado

luar perdido disse...

Que belíssimo poema Amigo! Que sedução e sensualidade delicada. Adorei este post Jaime, está de uma suavidade sem palavras.
Que existam sempre as velas que vos arrestam! e que sejam sempre patrono e criado, serva e dona na vida um do outro. Façam-se ao largo - a barcarola não espera...

beijo de luar

Fá menor disse...

E que a reciprocidade seja o vento.

Bjs

Ana Freire disse...

Um inspirado poema, Jaime... em que mar... e amar... se reúnem numa combinação deliciosa, e apaixonante!
Mais um poema absolutamente notável, como sempre, por aqui...
Não cheguei a tempo, de lhe desejar uma Páscoa Feliz, Jaime, mas espero que assim tenha sido a sua, na companhia de todos os seus!...
Beijinho! Continuação de uma feliz semana!
Ana

Odete Ferreira disse...

"Impúdica" (ou quase) também será a apreciação: no campo semântico da palavra sedução perderam-se, em ambos, os sentidos. E as palavras foram as exatas para o desvario...
Pujante poema!
Bjo, Jaime :)

Jaime Portela disse...

*******************************************************************************

Caros amigos, obrigado pelos vossos comentários. Voltem sempre.
Entretanto, acabei de publicar um novo poema. Espero que gostem.
Continuação de boa semana para todos.
Saudações poéticas.

*******************************************************************************

Agostinho disse...

O Poeta no tema que lhe é caro toma a palavra para cantar o amor. Com o timbre brilhante e intenso dos apaixonados.
Gostei.
Abraço.